sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

JARDINAGEM: CONHEÇA O TINHORÃO

VAMOS FALAR UM POUQUINHO SOBRE FLORES E FOLHAGENS

COMECEI A PESQUISAR SOBRE AS PLANTAS QUE TENHO EM CASA...

HOJE TRAGO O TINHORÃO



ESSE É MEU VASO... COM 1 FOLHA E UMA SE ABRINDO AINDA.. DEPOIS DA FOTO, AS CALOPSITAS, BICARAM O CAULE E FICOU SÓ 1 FOLHA
E ESTA ASSIM, SÓ COM 1 FOLHA, MAS ESTA LINDA

DEPOIS, PESQUISEI E DESCOBRI QUE É TÓXICA, ENTÃO COLOQUEI NO ALTO, PARA OS PÁSSAROS E MINHA BEBÊ NÃO MEXEREM
Planta nativa do Brasil e do Peru, de onde foi levada para muitos países, sendo bastante cultivada por suas belas folhagens variegadas. A partir do processo de hibridação, atualmente há mais de 1000 variedades que se distinguem pelo formato, tamanho e coloração das folhas. Comumente, as espécies híbridas de tinhorão são as mais cultivadas.
É uma erva bulbosa que pode chegar até 60 cm de altura. 
Elas apresentam folhas grandes, rajadas ou pintadas, com duas cores e tonalidades de branco, verde, rosa o vermelho. 
As inflorescências têm importância ornamental secundária e são muito parecidas com as do lírio-da-paz (Spathiphyllumllum wallisi), sendo brancas ou esverdeadas e poder ser pintadas como as folhas.
A floração ocorre no verão.
O caládio constitui-se numa das mais belas plantas de folhagem, algumas são mais indicadas para jardins e outras devem ser cultivadas em ambientes internos.
Prestam-se para a formação de maciços e bordaduras, além de vasos e jardineiras. 
Durante o inverno o caládio entra em repouso e aparenta estar morto, mas emite novas brotações na primavera. Neste período as adubações devem ser suspensas e podemos remover os bulbos e guardá-los em local seco, sombreado e fresco
É apropriado para ser cultivado em arranjos com outras espécies, sendo bastante empregado no paisagismo profissional.
O caládio é também considerado uma planta altamente tóxica, devido a presença de cristais de oxalato de cálcio e saponinas em suas folhas. 
O contato com estas substâncias com os olhos, mucosas e pele pode provocar intensa ardência, inflamação e vermelhidão.
A ingestão pode provocar edema de glote e consequentemente a asfixia, chegando à morte.

Mantenha o caládio longe do alcance de crianças e animais domésticos.
Devem ser cultivados sob luminosidade difusa, pleno sol ou meia sombra, de acordo com a variedade. Em solo fértil, leve e enriquecido com matéria orgânica, com regas regulares. O caládio aprecia a umidade, mas não tolera o encharcamento. Sua propagação é muito fácil e multiplica-se por separação dos bulbos quando a planta entra em repouso.





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

Dinha disse...

oi arteira passando pra lhe desejar um ótimo fim de semana!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...